Vivendo na dependência de Deus.

          16/09/2011
          Comentários
          Imprimir
          Compartilhar



fonte: http://www.eusouteu.tumblr.com/

Deus leva-nos a viver na sua dependência, através das provas e desertos  espirituais, para aprendermos a confiar e a crescer mais nele e assim o conhecermos melhor.

Muitas vezes os cristãos não estão preparados para o deserto, porque pensam que os problemas acabam no dia que aceitam Jesus, e por isso quando são testados não entendem que precisam aprender a lição da dependência de Deus, para poderem crescer espiritualmente.

Quando o povo de Israel estava no Egito, Deus viu o clamor e o sofrimento deles e preparou a sua saída. Deus quis tirar o povo da escravidão. Ainda hoje , o deserto costuma ser um lugar de passagem para todo o filho de Deus, onde o Senhor nos ensina verdades que nos capacitam para a nossa vida cristã em todos os níveis.

Quando o povo saiu do Egito, o Senhor ia diante deles.  Êxodo 13:21,22. “E o Senhor ía diante deles, de dia numa coluna de nuvem, para os guiar e de noite numa coluna de fogo, para os alumiar, para que caminhassem de dia e de noite. Nunca tirou de diante da face do povo a coluna de nuvem de dia, nem a coluna de fogo de noite”.

Deus quis que o seu povo ficasse totalmente dependente dele para fortalecer a sua confiança. O povo tinha visto o que o Senhor havia feito para os levar até ali, mas quando olharam e viram Faraó no seu encalce o temor fêz com que esquecessem o quão Deus é grande. Êxodo 14:10-16.
Deus no entanto queria ensinar-lhes a lição da dependência. Mar à frente – Faraó atrás.

Dependiam de Deus para comer, beber, vestir, calçar – Total dependência.

No deserto não há nada. Deus queria fazê-los crescer espiritualmente. Dt 8:2,3,4 Deus queria que eles próprios se conhecessem. A dependência de Deus tem como objetivo tornar-nos fortes. Quando estamos no deserto somos provados, para sermos aprovados.
Quando estamos sendo provados temos de desenvolver atitudes que nos vão fazer sair aprovados e vitoriosos sobre todas as provas. Seremos vencedores com a confiança e confissão das verdades da Palavra de Deus para a nossa situação. Seremos vencedores - Fp 4:13. Sei estar abatido e sei também ter abundância, em toda a maneira e em todas as coisas, estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome, tanto a ter abundância, como a padecer necessidade.  Posso todas as coisas, naquele que me fortalece.

2 Co.12:9 “ E disse-me a minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade pois me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo”

Viver na dependência de Deus é: viver acima dos nossos limites, das nossas capacidades, das nossas forças de nós próprios.

Mateus 17:8 “ E erguendo eles os olhos a ninguém viram senão unicamente a Jesus”

Viver na dependência de Deus é não contares contigo, mas contares com Ele em ti e creres que podes todas as coisas , que terás toda a capacidade, que terás a força suficiente que és mais que vencedor naquele que te capacita, que te fortalece, que é tudo em ti.



PARE, REFLITA E EXECUTE:

Viver na dependência de Deus é negar-se a si mesmo, fazer a vontade de Deus em tudo e entender que "por Ele, para Ele são todas as coisas", ou seja tudo que tenho, tudo que sou vem de Deus. O ar que respiro, as roupas, o alimento. Lembrar-se também que deixar-se levar pelas águas de Deus é a melhor opção a seguir, sim Deus te deu livre arbítrio, por que a vontade de Deus é: PERFEITA E AGRADÁVEL.
Todo aquele que depende de Deus sabe que é d'Ele que vem o socorro, mesmo estando em meio a uma geração onde uns confiam em carros e outros em cavalos ou na força do seu braço e talvez no seu intelecto, mas nós sempre faremos menção do nosso Deus porque todas as coisas foram feitas por Ele e sem ele nada podemos fazer, a Ele pois toda honra, toda glória e todo louvor, para todo o sempre!

Creia e Receba !




COMPARTILHE:     


Raphael Pablo Murilha

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.